*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*UM POUCO DE MIM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*



NOME: Ana Lúcia
ANIVERSÁRIO: 23 de Janeiro
NATURALIDADE: Potiguar de corpo, alma e coração...
O QUE FAÇO: Sou professora

QUEM SOU EU: É interessante como as pessoas querem saber de nós: quem somos, o que fazemos, de onde viemos, para onde vamos... Somos de certa forma, o tempo todo, participantes dos "BBs" da vida. Aqui não me preocuparei com originalidade e sim com transparência, caráter e sinceridade, itens que são muito importância para mim. Sou mãe, mulher, menina, amiga, amante e companheira... Forjada "em aço" pela vida, sem no entanto me deixar endurecer, sensível, determinada, tranquila, estressada, sincera e guerreira, luto por tudo que quero. Sou simplesmente alguém que busca viver em harmonia com Deus e com quem me rodeia e desta forma, ser e fazer o outro feliz!

EU AMO: Deus, a vida, minha família, meus filhos, minha cidade, anjos, meus amigos, poesia, meu trabalho, ler, escrever (meu passatempo preferido), ouvir música, ver bons filmes, o Palmeiras (rs) e etc.

EU ODEIO: Falsidade, hipocrisia, injustiça, traição, fofoca, mentira e outras coisinhas mais.


O QUE LEIO, OUÇO e VEJO: Tudo que estiver ao alcance da mão e do tempo disponível, indo da bíblia até os classificados de jornais. Paulo Coelho, Paulo Freire e Augusto Cure são alguns escritores preferidos; Ouço MPB, românticas, internacionais, italianas, francesas e latinas, seria injustiça citar alguém; Vejo filmes épicos (adoro, talvez por ser professora de História) comédias, romances, aventuras, dramas, noticiários, documentários, etc.
UM PENSAMENTO: Se eu fosse deixar algum presente a você, deixaria aceso o sentimento de amor à vida dos seres humanos; a consciência de aprender tudo o que foi ensinado pelo tempo afora. Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem; a capacidade de escolher novos rumos. Deixaria para você, se pudesse, o respeito àquilo que é indispensável: além do pão, o trabalho. Além do trabalho, a ação. E quando tudo mais faltasse, um segredo: o de buscar, no seu interior, a resposta e a força para encontrar a saída.(GANDHI)


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*E-MAIL *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*


ana-fascinius@bol.com.br

fasciniusangels@bol.com.br


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*MÚSICA *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*



Anne Murray - You Needed Me

Clique no stop se quiser parar a música.


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*LEVE MEU AWARD *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*VISITE TAMBÉM *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*





*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*MIMOS PARA VOCÊ *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*






Selo 1.000 visitas



Selo 2.000 visitas




Mimo de Natal




Reinauguração




Selo 3.000 visitas




Mimo de Páscoa




*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*EU VISITO *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*


UOL - O melhor conteúdo

BOL - E-mail grátis

Toc de Amor

Desbragado Amor

Mundo Místico da Nadjinha

Borboleta Kaká

Suavidad

O Livro dos Dias

Cinthia Duim

Fantasia

Notibras

Suavidad

Amizades e Flores

Lua em Poemas

Bog da Lumma

Delírios de um poeta

Um Pedacinho de Cacau

Shalom - Evanir

Fonte de Amor

Lúcia Imagens

Jesus, Minha Fortaleza!

Caminhos de Luz

Casal de Lobos

Love do Click

Sonhos Secretos

Almas Poéticas

Doce Sedução

Fathy Dreams

Amigo Leal

O amor Sempre Vence

Divulgando Sites

Magia Gifs

Meu Canto, Meu Encanto

Essencialmente Feminina

Stylos - Cida

A Minha Lua

Unidas Pelo Amor

tina Venturini

Soxikibem

tony Gifs

O Dificil Prazer de Ensinar

Ensinando e Aprendendo Com a Tia Rose

Recanto dos Blogues

Lonely Midis



 



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*MIMOS RECEBIDOS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*
























*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*CAMPANHAS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*



*Símbolo da Paz*
Está aqui desde 30/04/2008




Ah, o amor!

Ah, o amor!...
Amor que enriquece
E empobrece...
Amor que contrasta
E desastra...
Ah, amor que ama
E desama...
Amor que trai
E distrai...
Amor que faz sorrir
E chorar...
Amor que faz falar
E faz calar...
Amor que dá a vida
E que mata... e que cura
Amor que alegra
E entristece...
Amor que promove a Paz
E que em seu nome se faz a guerra...
Amor que vicia
E que extasia...
Ah, os contrastes do amor...
E ainda assim...
Ainda que machuque... que fira...
Vale a pena amar!
(Ana Lúcia)





*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*VOTAÇÃO *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*


Dê Nota Para Meu Blog





*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*PADRINHOS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*




Madrinhas


Pepita - Fascinação


Mendi - Almas Poéticas


Roberto de Lucca - Alma Guerreira



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*FAÇO PARTE *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*







"Fascinius Angels"

FAZ PARTE DO

"CLUBE DA MELHOR IDADE"












"FASCINIUS ANGELS"

FAZ PARTE DO

"CLUBE DA MELHOR IDADE"










 Links & Sites



*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*INDIQUE *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*


Indique Esse Blog


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*PRÊMIOS RECEBIDOS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*
























*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*ARQUIVO *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*


01/12/2009 a 31/12/2009

01/11/2009 a 30/11/2009

01/10/2009 a 31/10/2009

01/07/2009 a 31/07/2009

01/06/2009 a 30/06/2009

01/04/2009 a 30/04/2009

01/03/2009 a 31/03/2009

01/02/2009 a 28/02/2009

01/01/2009 a 31/01/2009

01/11/2008 a 30/11/2008

*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*CALENDÁRIO *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*







*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*FUI/SOU DESTAQUE *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*









* Destaques Maio/2008 *





Blog Destaque do Magia Gifs!



Destaque Jun/08



DESTAQUE EM 2009



destaque_neinha





*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*DEIXE UM RECADO *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*







*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*VISITANTES *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*


*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*CRÉDITOS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*




*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*GANHEI ESTA SEMANA *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*


destaque_neinha







Portas

Se você abre uma porta, você pode ou não entrar
em uma nova sala.
Você pode não entrar e ficar observando a vida.
Mas se você vence a dúvida, o temor, e entra,
dá um grande passo: nesta sala vive-se!
Mas, também, tem um preço...

São inúmeras outras portas que você descobre.
Às vezes curte-se mil e uma.
O grande segredo é saber quando e qual porta 
deve ser aberta.
A vida não é rigorosa, ela propicia erros e acertos.
Os erros podem ser transformados em acertos
quando com eles se aprende.

Não existe a segurança do acerto eterno.
A vida é generosa, a cada sala que se vive,
descobre-se tantas outras portas.
E a vida enriquece quem se arrisca 
a abrir novas portas.
Ela privilegia quem descobre seus segredos
e generosamente oferece afortunadas portas.

Mas a vida também pode ser dura e severa.
Se você não ultrapassar a porta,
terá sempre a mesma porta pela frente.
É a repetição perante a criação, é a monotonia
monocromática perante a multiplicidade das cores,
é a estagnação da vida...

Para a vida, as portas não são obstáculos
mas diferentes passagens!"

(Içami Tiba)

Retirado do Livro: Amor, Felicidade & Cia

::Postado por ¸,.-~*´¨¯ Ånä ¯¨`*·~-.¸ às 03h52

*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*MEUS RECADINHOS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*


O cavalo e a borboleta

Esta é a história de duas criaturas que viviam numa floresta distante, há muitos anos atrás.
Eram elas, um cavalinho e uma borboleta.
Na verdade, não tinham praticamente nada em comum, mas em certo momento de suas vidas se aproximaram e criaram um elo.
A borboleta era livre, voava por todos os cantos da floresta enfeitando a paisagem.
Já o cavalinho, tinha grandes limitações, não era bicho solto que pudesse viver entregue à natureza.
Nele, certa vez, foi colocado um cabresto por alguém que visitou a floresta e a partir daí sua liberdade foi cerceada.
A borboleta, no entanto, embora tivesse a amizade de muitos outros animais e a liberdade de voar por toda a floresta, gostava de fazer companhia ao cavalinho, agradava-lhe ficar ao seu lado e não era por pena, era por companheirismo, afeição, dedicação e carinho.
Assim, todos os dias, ia visitá-lo e lá chegando levava sempre um coice, depois então um sorriso.
Entre um e outro ela optava por esquecer o coice e guardar dentro do seu coração o sorriso.
Sempre o cavalinho insistia com a borboleta que lhe ajudasse a carregar o seu cabresto por causa do seu enorme peso.
Ela, muito carinhosamente, tentava de todas as formas ajudá-lo, mas isso nem sempre era possível por ser ela uma criaturinha tão frágil.
Os anos se passaram e numa manhã de verão a borboleta não apareceu para visitar o seu companheiro.
Ele nem percebeu, preocupado que ainda estava em se livrar do cabresto.
E vieram outras manhãs e mais outras e outras, até que chegou o inverno e o cavalinho sentiu-se só e finalmente percebeu a ausência da borboleta.
Resolveu então sair do seu canto e procurar por ela.
Caminhou por toda a floresta a observar cada cantinho onde ela poderia ter se escondido e não a encontrou.
Cansado se deitou embaixo de uma árvore.
Logo em seguida um elefante se aproximou e lhe perguntou quem era ele e o que fazia por ali.
- Eu sou o cavalinho do cabresto e estou a procura de uma borboleta que sumiu.
- Ah, é você então o famoso cavalinho? - Famoso, eu? - É que eu tive uma grande amiga que me disse que também era sua amiga e falava muito bem de você.
Mas afinal, qual borboleta que você está procurando? - É uma borboleta colorida, alegre, que sobrevoa a floresta todos os dias visitando todos os animais amigos.
- Nossa, mas era justamente dela que eu estava falando.
Não ficou sabendo? Ela morreu e já faz muito tempo.
- Morreu? Como foi isso? - Dizem que ela conhecia, aqui na floresta, um cavalinho, assim como você e todos os dias quando ela ia visitá-lo, ele dava-lhe um coice.
Ela sempre voltava com marcas horríveis e todos perguntavam a ela quem havia feito aquilo, mas ela jamais contou a ninguém.
Insistíamos muito para saber quem era o autor daquela malvadeza e ela respondia que só ia falar das visitas boas que tinha feito naquela manhã e era aí que ela falava com a maior alegria de você.
Nesse momento o cavalinho já estava derramando muitas lágrimas de tristeza e de arrependimento.
- Não chore meu amigo, sei o quanto você deve estar sofrendo.
Ela sempre me disse que você era um grande amigo, mas entenda, foram tantos os coices que ela recebeu desse outro cavalinho, que ela acabou perdendo as asinhas, depois ficou muito doente, triste e sucumbiu e morreu.
- E ela não mandou me chamar nos seus últimos dias? - Não, todos os animais da floresta quiseram lhe avisar, mas ela disse o seguinte: "Não perturbem meu amigo com coisas pequenas, ele tem um grande problema que eu nunca pude ajudá-lo a resolver: Carrega no seu dorso um cabresto, então será cansativo demais pra ele vir até aqui."

(D.A)

Terminada essa história paremos para refletir: Quantas vezes em nossa vida e no dia a dia, temos sido o cavalo e quantas temos sido a borboleta?
Quantas vezes com as pessoas que nos relacionamos somos por vezes um e depois o outro? 
É sempre mais fácil e cômodo pensar em nós mesmos como a borboleta, que é boazinha e foi sacrificada. Nunca queremos ser o cavalo que, mesmo não sendo ruim foi insensível ao carinho e amor da borboleta e a matou por isso.
Não seria mais fácil sermos conscientes e receptivos ao amor, por mais singelo que seja, coisa que o cavalo não foi? Não seria mais louvável, em sendo nós a borboleta entender o momento ruim do cavalo e não insistir tanto ao ponto de ferir com o não entendimento de nosso amor e carinho?

Tenha um final de semana repleto de alegrias e paz, meu anjo!

E o Momentos de Amor estará completando um ano no ar, no próximo final de semana (dia 15/11), olha só... rs... Nos encontramos lá não é?!

::Postado por ¸,.-~*´¨¯ Ånä ¯¨`*·~-.¸ às 14h16

*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*MEUS RECADINHOS *...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*...*